Atualmente o Brasil vem passando pela pior seca dos últimos tempos e esse cenário impacta negativamente muitos setores da sociedade. É o caso da matriz elétrica, que depende da energia gerada em usinas hidrelétricas. 

Com a escassez da chuva, essas usinas ficam sem água suficiente em seus reservatórios e consequentemente, incapacitadas de gerarem toda a energia demandada pela matriz. Em decorrência disso, é gerada a crise hídrica pela qual o país está enfrentando no momento.

Como as indústrias e a população não podem ficar sem energia e é necessário preservar a água dos reservatórios hidrelétricos, são acionadas as usinas térmicas, porém essas possuem um custo de operação mais elevado, que elevam o preço da energia. Esse custo é repassado para os consumidores do Mercado Cativo por meio das bandeiras tarifárias. 

O sistema de bandeira tarifária acarreta uma cobrança adicional na conta de luz, de acordo com o custo da geração de energia. Na bandeira verde não há acréscimo na conta de luz. A bandeira amarela acrescenta R$1,874 a cada 100 quilowatt-hora consumido. A bandeira vermelha é dividida em dois patamares, no patamar 1 há a adição de R$3,971 por 100 quilowatt/hora de uso e no patamar 2, R$9,942. 

Devido à crise hídrica, foi instituída uma nova bandeira com o custo de R$14,20 a cada 100 kWh, representando 49,63% de aumento se comparada ao patamar 2 da bandeira vermelha. 

Não são apenas os consumidores do Mercado Cativo que sofrem as consequências da crise hídrica, pois os consumidores livres não estão totalmente isentos dos repasses dos custos de produção de energia. Esses são cobrados nos encargos do governo e refletem no aumento da PLD. 

Entretanto, ao contrário do Mercado Cativo, no Mercado Livre não tem a aplicação da bandeira tarifária. E os consumidores desse ambiente possuem a liberdade de escolher o seu fornecedor e participar de todo o processo de negociação, garantindo a energia com as melhores condições. Além disso, podem realizar contratos de longo prazo, que garantem o valor estabelecido durante toda a sua vigência. 

Dessa forma, conseguem reduzir os custos com energia e garantir uma maior previsibilidade orçamentária. Portanto, o Mercado Cativo garante mais segurança e estabilidade para os seus consumidores, fatores essenciais para o momento atual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho dos textos