• Página Inicial
  • Blog

Nos últimos anos, a pauta envolvendo sustentabilidade ganhou destaque em diversos setores. Quando se trate de geração de energia elétrica, ela se fortalece. Mesmo com um alto uso de fontes não renováveis, o Brasil figura entre os países com a matriz energética mais renovável do mundo. A abundância de fontes faz com que a energia solar, eólica e biomassa ocupem um papel fundamental no futuro da geração de energia brasileira.

Com isso, o Mercado Livre de Energia nacional se consolida como um ambiente muito atrativo para a geração de energia renovável.

A expansão das fontes renováveis

O Mercado Livre de Energia é um dos setores que mais impulsionou os projetos fotovoltaicos em 2020. Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, o setor segue acelerado e mostra que o mercado livre brasileiro é fundamental para o crescimento das fontes renováveis.

Por ser um setor dinâmico e passível de realização de leilões privados, o ambiente conseguiu se manter forte e ainda alavancar o poder de novas fontes. E esta vertente pretende se consolidar ainda mais a partir de 2021, quando a demanda mínima de energia deve diminuir. Com a expansão do mercado livre para consumidores menores, as comercializadoras devem apostar ainda mais na sinergia do público com a fonte solar.

A necessidade que o consumidor sentiu de ter mais autonomia sobre a própria energia, além de garantir um bom serviço pelo menor preço, foi de encontro com o avanço das energias renováveis, principalmente a solar, já que ela se tornou extremamente vantajosa quando se trata de valor. Deste modo, a fonte solar ocupa um lugar interessante no setor de energias renováveis.

Para a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), os potenciais consumidores livres representam dois terços do consumo de energia mundial. Segundo a Bloomberg mostra que o Brasil segue um panorama global, já que, no primeiro semestre de 2020, o Brasil contou com quase 9GW contratados. Quando se trata de mercado livre global, o número foi 20GW.

A competitividade das energias renováveis ganha ainda mais força com algumas mudanças no mercado. Entre elas, está a alteração no prazo dos contratos e no comportamento do consumidor. Como o foco está cada vez mais presente no consumidor final, que preza por pautas sustentáveis, o Mercado Livre também entende a importância desta responsabilidade com o meio ambiente.

Sustentabilidade

Segundo um estudo da Union + Webster feito em 2019, 87% dos brasileiros buscam adquirir produtos de empresas sustentáveis. 

Como o mercado gerador de energia é responsável pela emissão de gases que aceleram o aquecimento global, o trabalho com energia de fontes renováveis é necessário. O trabalho com a fonte solar, por exemplo, não emite CO₂ e ainda contribui positivamente com os impactos causados por alterações climáticas.

A importância dos leilões

Durante a pandemia, muitos leilões federais foram cancelados. Com isso, outras opções se tornaram realidade. A Copel Mercado Livre foi a responsável por realizar alguns leilões que foram impulsionados pela crescente demanda em gerar energia limpa e renovável.

Atitudes como esta incentivam grandes empresas a buscar fontes de energia renovável e, assim, contribuir com a descarbonização. Deste modo, o Mercado Livre de Energia ajuda agregar pautas sustentáveis tão buscadas no setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho dos textos