Quando falamos sobre o futuro da geração de energia elétrica, muito se fala sobre usinas híbridas. Entre os benefícios do modelo, está a geração mais estável de energia elétrica, que é possível devido a combinação de duas ou mais formas de potência ou produção que podem incluir o armazenamento de energia. O projeto ganhou ainda mais atenção quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu uma consulta pública sobre o tema.

Como funcionaria

Uma das possibilidades para as usinas híbridas é a combinação das fontes eólica e solar. Deste modo, a energia proveniente da força do vento compensaria a geração durante a noite, quando não se pode usar a luz do sol para gerar energia. Sendo assim, uma fonte consegue suprir a outra em caso de possível interrupção, não trazendo perdas ao setor. Muito pelo contrário.

Outro benefício encontrado no modelo está a economia e competitividade das usinas híbridas, já que as fontes acabam compartilhando os equipamentos de geração. No caso da combinação das fontes eólica e solar, os conversores e caldeiras compartilhados ajudam a diminuir, por exemplo, custos com manutenção e otimizam a logística, usando apenas um medidor para toda a produção.

As usinas híbridas também podem unir painéis solares com espelhos d’água das hidrelétricas ou aliar biomassa e geração heliotérmica. É possível, ainda, utilizar fontes renováveis com combustíveis fósseis.

Pontos negativos

Por mais que as usinas híbridas apresentem inúmeros benefícios, o compartilhamento de equipamentos pode gerar alguns problemas, já que, se uma usina falhar, a outra também é impactada. A interferência entre elas ainda pode trazer outros problemas. Como exemplo, a sombra gerada pelas pás eólicas podem prejudicar o aproveitamento solar.

Outro risco é o subaproveitamento dos recursos. Ou seja, a usina pode não dar conta de produzir energia com um alto nível de recursos que receberá..

Por fim, outro ponto de atenção é com as fontes despacháveis. Se ambas as fontes usadas na mesma usina forem despacháveis, não será possível controlar o volume de energia produzida.

Para saber mais sobre as fontes de energia e entender o uso delas no mercado livre de energia, entre em contato com a Copel Mercado Livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho dos textos